CARTAS DE LUISA PARA FEDERICO ABRESH – FILHO ESPIRITUAL DO S PADRE PIO E APÓSTOLO DA DIVINA VONTADE


1930: Federico Abresch

Na década de 1930, o fotógrafo Federico Abresh mudou-se de Bolonha para San Giovanni Rotondo. Ele abriu uma loja de fotos e souvenirs. Ele divulgou a imagem do Padre Pio em todo o mundo.
  
Pio Abresch serve a missa ao Padre Pio. Foto feita por seu pai Federico. Federico Abresch foi um dos primeiros fotógrafos do Padre Pio. A sua loja de fotografias e lembranças do Padre Pio, na Viale dei Cappuccini, mesmo ao lado do convento, foi durante muitos anos um ponto de referência para quem queria levar para casa uma lembrança do Padre Pio para si e para os seus entes queridos.

   



Federico Abresch com foto de Padre Pio feita por ele O tenor Beniamino Gigli com Padre Pio em foto de Abresch

  1. Para Federico Abresch, Bolonha

Em Voluntate Dei! – Fiat

Querido no Senhor,

 Você não pode imaginar como me sinto feliz quando ouço que eles querem viver na Vontade Divina, porque é uma vitória que Jesus faz; e enquanto ele conquista nossa vontade, nós conquistamos a dele. No reino da Vontade Divina ninguém perde, todos somos vencedores, Deus e a criatura.

Suas dúvidas me surpreendem, como, você não sabe que a Redenção é uma preparação para o reino da Vontade Divina? E o sagrado coração de Jesus nada mais é do que o imenso reino de sua Vontade? Não é o coração que domina, é a Vontade Divina que domina o seu coração divino. Coitado, se não tivesse Vontade para dominá-lo, não serviria para nada. Se a vontade é boa, o coração é bom; se a vontade é santa, o coração é santo; Se a nossa vontade cede lugar ao Divino, fazendo-o erguer o seu trono no nosso, o coração adquire as prerrogativas divinas pela graça. Por isso, tanto na ordem divina como na humana, é sempre a vontade que tem o primeiro lugar, o primeiro ato, o seu regime. O coração e tudo o mais estão na ordem secundária. Portanto, dizer que o coração reina se a vontade divina não reina, é estupido. Elas podem ser chamadas de devoções, práticas piedosas, se a Vontade Divina não reina, o reino não existe; existe no céu, mas não tem lugar na terra. Porém, a Santa Igreja, órgão, porta-voz do Supremo Fiat, implora através do sagrado coração, através da Mãe Celestial, o reino da Vontade Divina. Ele não o diz com palavras, mas o diz com ações.

A Divina Vontade é o Rei, seu coração, suas feridas, seu precioso sangue, a cruz, a doce Rainha, formam os ministros que cercam o Rei e imploram por eles o reino da Divina Vontade nas almas.

Agora, como isso é divulgado? Todas as coisas necessárias são para nós a Vontade de Deus, as várias circunstâncias que podemos encontrar. Se estivermos realmente decididos a viver nela, Deus se agrada de que, se houver necessidade de milagres, Ele os fará para não nos deixar fazer nossa vontade. Cabe a nós tomar a verdadeira decisão, prontos para dar nossa vida para viver nela; e o amado Jesus, a Rainha Soberana, fará o penhor, nos farão sentinela, nos cercarão de tais graças para não nos fazerem trair a nossa vontade. Muito mais que Nosso Senhor não ensina as coisas difíceis, nem as ordena, nem as quer, mas antes facilita admiravelmente o que Ele quer de nós, o que é mais, Ele se coloca em nossa posição para facilitar e junto conosco o que Ele quer nós para fazer.

Confio-me às suas orações e também à minha boa filha Amélia. Tornem-se santos. A Divina Vontade estende seus braços a você para fazê-los crescer em seu seio. Veja todas as coisas como portadoras dEle, para dar a você Sua vida, Sua santidade. Faze o pequenino tornar-se santo, como um presente da Fiat, quem sabe, e que se apague o teu desejo de vê-lo religioso e santo.

Deixo-vos todos na Vontade Divina, deixai-vos sempre ser encontrados Nele, e com mil saudações ao pai, mãe e filho, digo a mim mesmo o vosso aff.ma

A filhinha da Vontade Divina.

 

  1. Para Federico Abresch, Bolonha

Fiat – In Voluntate Dei!

Querida criança na Divina Volição,

 O único consolo que uma mãe pode encontrar ao ter seus filhos longe é que eles queiram viver na Vontade Divina, se eu pensar no quanto o amado Jesus suspira por isso e como o prego que mais o fere é os seus filhos não viva em sua vontade. E a Rainha Celestial, o que ela não faria se nos visse vivendo juntos com Eles, com uma Vontade? É verdade que eles colocariam sua Vida à nossa disposição. Isso é viver apropriadamente na Vontade Divina.

O próprio Deus leva a sério todas as nossas coisas e coloca à nossa disposição a sua santidade, o seu amor, todo o seu Ser, desde que tenha a satisfação de nos ver viver naquela Vontade que é portadora de todos os seus bens.

Amados na Vontade Divina, viver Nele não é mudar as ações, mas apenas, ao invés de fazermos as nossas correrem em tudo o que fazemos, fazemos Deus correr. E você quer saber o que acontece em nosso ato? Seu amor, sua bondade é tanto que à medida que formamos o ato e fazemos sua Vontade correr, é assim que a Vida Divina se forma em nosso ato, e esta Vida Divina se repete tantas vezes em nossos atos por quantos atos fazemos ; E parece pouco para você dizer que, enquanto ele faz sua Vontade correr, ele me dá o poder de formar tantas Vidas Divinas por quantos atos eu faço? Embora sejam atos naturais ou pequenos, enquanto sua Vontade estiver presente, o grande prodígio se realiza.

Em relação às fraquezas, misérias e outras, não se preocupem, enquanto a nossa vontade não estiver presente, porque é a nossa ruína. Eles podem servir de escabelo sobre o qual a Vontade Divina forma Seu trono para nos dominar e reinar, ou como pedras e cascalho servir àqueles que querem abrir um quarto, ou como terreno em mãos para nosso fazendeiro celestial, que das misérias de nosso vontade faz as belas flores para estender seu reino. Tudo serve à sua glória e ao nosso bem nas mãos divinas da Fiat. Mas, eu recomendo você, não pense nas misérias, nas fraquezas; quanto mais pensam, mais sentem. Em vez disso, se você não pensar sobre eles, eles desbotam e parecem menos. Muito mais que o doce Jesus não olha para o que sentimos, mas para o que queremos, aliás, muitas vezes tem pena de nós e aumenta a sua graça, sua força, para fazer com que as misérias existam. Do resto, o amado Jesus, querendo que vivamos em sua Vontade, não quer ter o que fazer com os mortos, mas com os vivos; por isso nossas misérias dizem que estamos vivos, não mortos, e Ele, querendo ser vitorioso, as conquista e faz delas o mais belo adorno para seu reino.

Portanto, coragem e confiança; Eles são as armas que derrotam Deus. Se não dermos os primeiros passos, não poderemos fazer o segundo, o terceiro e todo o resto. Se não entrarmos no mar, não poderemos tomar banho ou nadar nele; Então o essencial é começar de verdade, o resto virá sozinho.

Confio em suas orações. Diga ao pequeno Pio que em tudo que ele fizer, diga: “Jesus, toma a minha vontade e dá-me a tua”. Faça-o tornar-se santo, para que seja um verdadeiro filho da Vontade Divina. Deixo toda a família na Vontade Divina. Busque o máximo que puder para tornar a Vontade Divina conhecida por todos; assim você obterá a graça de conhecê-la mais. Envio a todos a saudação da Fiat.

Para Federico Abresch

Em Voluntate Dei!

Meu querido filho na Divina Vontade,

me perdoe pela demora. Faço-vos notar que estou sempre na Divina Volição, onde eu e Jesus queremos que todos os meus filhos estejam longe e perto, estes são os que querem viver na Santa Volição. O céu nos impede de tão grande infortúnio, de sairmos de dentro Dele.

Querido filho, você deve saber que esta é uma tarefa que nos foi dada por Deus na Criação. No início de nossa existência foi formada no centro da FIAT Supremo. Deus criou nossa vontade humana como seu quarto divino, como um gabinete secreto, onde ele deveria viver conosco, onde deveria ter sua cadeira para nos ensinar a doutrina celestial de sua vontade. Por isso nenhuma lei pode impor-nos sem vivermos Nele, nem a Santa Igreja, porque nos curvamos e adoramos as suas disposições, nem o próprio Deus nos pode dizer: “Não quero que vivais na minha Vontade”, porque Ele com grande Sabedoria deu este direito pela criação. Nós, ao viver nela, devemos ser a morada de Deus, os portadores de nosso Criador, na qual, Para desabafar seus delírios de amor, ele teve que se tornar um narrador de seu Ser Divino no gabinete secreto de nossa vontade humana. E é por isso que quer que saibamos o quanto nos ama e que quer que vivamos a sua Vontade com aquele amor com que se vive entre os filhos e o Pai … os seus joelhos paternos, se não nos dá continuamente o seu. presentes, sua vida, sua santidade. Ele não gosta de diferenças, Ele quer que sejamos semelhantes a Ele. E para fazer isso, ouça um de seus estratagemas: Ele dá amor em tudo o que fazemos, Ele quer que demos a Ele a nossa vontade como um presente para nos dar a Sua ; e nesta troca faz crescer em nós a Vida da Vontade Divina, para que assim que damos a nossa, cresça a Sua vida e, cada vez que damos a nossa,

Portanto, queridos da Divina Vontade, estejamos atentos, estejamos em nossa posição, não nos preocupemos com os trovões e as tempestades, mesmo que me tenham amargurado até a medula dos ossos. Espero que se transformem em um paraíso sereno e em trovões de luz e amor pelo mundo inteiro e pelo triunfo de um reino tão santo … Podemos dizer que eles queimam sob a fogueira das dores em que nos colocaram , mas espero que a fogueira me sirva para queimar a prisão do meu corpo; assim poderei voar para o Céu, a fim de obter o Reino da Vontade Divina na terra.

Agradeço a acolhida que me ofereceu; por outro lado, peço a Jesus que vos dê a sua acolhida contínua no Divino Fiat. Rezai por mim, tenho tanta necessidade: e deixando-vos encerrados na Santa Vontade, unidos à boa Amélia e ao meu pequeno Piuccio, me confirmo como vossos carinhosos,

a filhinha da vontade divina

Corato, 30/11/1938

  1. Para Federico Abresch

IM eu

In Voluntate Dei – Fiat!

Querida criança na Divina Vontade,

 obrigado por tudo; Que o bom Jesus o recompense por perder tudo na Vontade Divina e por ter o seu por escabelo com pés divinos. Como te sentirias feliz, porque ao querermos viver junto com a Vontade Divina, o que pertence a Jesus e à Rainha Mãe é nosso; a nossa é a sua santidade, a sua vida, os imensos mares das suas riquezas. Jesus e a Rainha se sentem felizes por não estarem sozinhos na felicidade e nos bens que possuem, mas por terem os filhos da Fiat, que também são seus filhos, que lhes fazem companhia e convivem com eles; E mais: se nos falta alguma coisa, levam a sério a nossa santidade, suprem-nos em tudo, dão-nos o seu amor e tudo o que fizeram pelo nosso namoro e dote, para que possamos viver com eles. Então tudo é nosso, vivendo na Vontade Divina, e podemos dar tudo a Deus; mais bem,

Por isso, o que mais facilita o viver na Vontade Divina é fazer o que podemos fazer e porque Deus o quer; em nosso ato um Fiat é impresso e a Vida Divina é formada. Assim, por não viver na Vontade Divina impedimos a geração divina em nossas ações, pois ela não encontra em nós a matéria moldável para formar sua Vida, ou seja, não encontra sua santidade, suas virtudes, para poder gerar … Quantas Vidas Divinas reprimidas e não vêm à luz, porque a vida da sua Vontade falta nas almas! Que dor, que amargura indizível! Portanto, oramos para que o viver no Divino seja conhecido.

Agradeço também tudo o que a irmã María Gracias a Dios me diz; Isso me ressuscitou de tantas amarguras que meu coração está inundado. Se você puder saber mais, eu ficaria feliz em conhecê-lo; do resto, Fiat, Fiat!

Agora, digo-lhe que faço a Sagrada Comunhão todos os dias e a Santa Missa uma vez por semana, ao passo que antes, mesmo depois de ter deixado o convento, era celebrada todos os dias; Assim como depois de seis meses da proibição dos livros morreu nosso Bispo, os pais que tinham livros proibidos puderam obter do Santo Ofício, depois da morte do Bispo, que proibiram a Santa Missa para mim. Mas a Vontade Divina, na qual tudo encontro e até a Santa Missa, não pode ser tirada de mim por ninguém.

Querida na Divina Vontade, não sei como lhe agradecer, que quando criança gostaria de me ajudar, se eu tivesse necessidade das coisas necessárias; obrigado obrigado! Antes, quero contar-lhes um segredo prometido pelo Divino Fiat, que levará a sério todos os que nele viverão e se tornarão portadores de tudo o que precisamos, tanto na alma como no corpo; eles não vão perder nada para eles, e, se isso acontecer, mesmo com meios milagrosos. Nos encontraremos nas condições da Criação, que uma coisa criada não precisa da outra, todas são ricas em si mesmas; eles estão em grande acordo e nunca se afastam de seu posto. Nossa posição é a Vontade Divina. Se vivermos nela, ela nos receberá à sua mesa e não faltará nada de nós. Quão bom é o Senhor! Deixe-nos agradecer de coração.

Além disso, quero que você saiba que o querido Jesus está chateado, que ninguém tem interesse por uma causa tão sagrada. Por isso, se você quiser fazer, mover ou impulsionar alguém, faça, Jesus experimentará; E se puderem me fazer receber a Santa Missa, como eu agradeceria! Já a tenho há mais de quarenta anos e, sem saber as razões, me foi tirada Fiat, Fiat!

Confio-me às vossas orações e, deixando-vos no mar da Divina Vontade, envio as saudações Fiat a vós, à boa Amélia, ao pequeno Piuccio e ao grupinho, e confirmo o vosso afecto,

a filhinha da Divina Vontade.

Corato, 04/10/1940

 

  1. Para Federico Abresch

IMI

Em Voluntate Dei

Querida criança na Divina Vontade,

Agradeço-te na Vontade Divina por todas as tuas atenções e pelas coisas reconfortantes que me enviaste.

Ele deve saber que na Divina Vontade não existe nem humildade, mas puro nada, que sabe claramente que tudo o que bem se pode fazer é o Tudo que trabalha em nada, então o pobre nada está no ato de sempre nascer; é o Todo que cresce e forma sua vida em nada. Ó potência da Vontade Divina, assim que a alma decide querer viver Nele, a Santíssima Trindade assume o seu primeiro lugar de trabalho; e uma vez que é um Ato da Vontade Divina, todos desejam seu lugar de honra nesse Ato: a Rainha do Céu, os Anjos, os Santos e todas as coisas criadas. Assim, com um único Ato da Vontade Divina tudo conteremos, tudo abraçamos e tudo damos a Deus, mesmo tudo que o Verbo Eterno fez na terra, os bens que desceram a favor de todos são incalculáveis.

Querido filho, é com dor que recebo a notícia do Pe. Bruno; do resto, Fiat, Fiat! Vê-se que o demônio rói de raiva por não dar a conhecer a Vontade Divina … Não é necessário que eu te mande obediência, eu te mandaria milhares; mas é a absoluta Vontade de Deus que cuidemos de torná-la conhecida, mesmo à custa de nossas próprias vidas; e em vez de ser presunção, como dizes, seria o dever mais sacrossanto, e quem cuida de Jesus o terá como predileto do seu Coração, dando-lhe o primado no seu Reino.

Para os escritos, não há nada a temer que possam ser destruídos. Jesus os guarda e há quem se atreva a tocá-los, porque os escritos são seus, não meus e ele saberá defender bem o que é seu.

Quanto a Piuccio, tenho-o como filho de um milagre; Como você deseja que o Senhor não o use para fazer grandes coisas com ele? Portanto, faça com que se torne santo e tudo na Vontade de Deus, e o Senhor fará todo o resto. Reze por mim; e deixando-vos na Vontade Divina, para formar vossa vida toda embebida Nele, saúdo calorosamente pai, mãe e filho, vossos carinhosos,

a filhinha da Divina Vontade.

Corato, 3-6-1940

 

  1. Para Federico Abresch

IMI
In Voluntate Dei – Fiat

Querido na Vontade Divina,

 Recebi a tua querida carta de Bolonha e, não podendo responder rapidamente, não sabia para onde lhe escrever, se para Bolonha ou San Giovanni (Rotondo); é por isso que não escrevi para ele. Portanto, se a vontade divina assim o desejar, pode vir quando quiser. Porque é a Vontade Divina que deve ocupar o primeiro lugar em todos os nossos atos. Se assim fizermos, ele nos levará como no colo e o que fizermos fará conosco: amaremos com seu amor, rezaremos juntos, seus passos serão os nossos … Oh, que feliz ele será seja desenvolver sua Vida com a criatura que o conhece, pois só o conhecimento nos dá o maior bem de possuí-lo. Ele torna os seus bens nossos, e oh, quão feliz ele é em nos fazer viver com a sua própria Vontade e nos ver possuidores dos seus mesmos bens! Nesta Santa Vontade Divina ele vê os mares de seu amor não mais desertos, mas povoado por seus filhos. Por isso, nos preocupamos muito em nos refugiar na Vontade Divina como nossa vida.

Filho querido da Divina Vontade, já que estás perto do santo Padre Pio, fale com ele das nossas coisas, para que fale delas ao Senhor e, se o Senhor quiser, diga-lhe alguma coisa. Confio-me às vossas orações, pois tenho tanta necessidade delas; beije as mãos dela por mim.

Confio-me às vossas orações e, deixando-vos na vontade divina, para que vivais mais no céu do que na terra, saúdo-vos de coração: pai, mãe e pequeno Pio. Seu mais carinhoso.

a filhinha da vontade divina

Corato, 5-8-1940

Para Federico Abresch, Bolonha

Fiat – In Voluntate Dei

Muito estimado na Vontade Divina,

 O céu o recompensa por toda a sua atenção, parece que Jesus também lhe diz: “Obrigado, meu filho.” E estou feliz com isso e com a maneira como você fez isso. Um pensamento me diz: mas será que o Santo Padre se dará ao trabalho de lê-lo? E também .. quem dizer se ele conceder graça? ” Acredito que tudo ficará no ar. Não poderia este seu amigo ser recomendado a alguém que pudesse se aproximar do Santo Padre para se lembrar dele, para obter a dupla graça? Do resto, faça-se sempre a Vontade Divina, o que nos deve interessar mais que tudo, porque é Vida Divina.

Assim que invocamos a Vontade Divina em nossas ações, é assim que formamos a geração da Vida Divina em nossas ações, e ai, quão feliz é Jesus, que vê sua Vida gerar nas ações da criatura, e nós somos enriquecido, dentro e fora de tantas Vidas Divinas, por quantos atos temos feito em sua Vontade.

Assim que queremos fazer a sua Vontade, assim a Santíssima Trindade dá-nos o seu Amor, cobre-nos com a sua Beleza, dá-nos a sua Bondade, para que sintamos a ordem divina; em suma, dá-nos os materiais brutos e necessários para formar a sua Vida. Então, nessas Vidas ela sente seu Amor que O ama, ela sente que se entrega pelas criaturas. Este é exatamente o propósito de Deus; que vivamos em Sua Vontade de formar Suas gerações em criaturas; porque todas as coisas criadas por Deus, todas têm o bem de gerar; o homem gera outro homem, o passarinho outro passarinho, e assim por diante; Não deveria apenas a Divina Vontade ter esse bem? Portanto, tome cuidado para viver apenas pela Vontade Divina.

Deixo-vos na Vontade Divina e, saúdo-me a todos com aquele amor com que Jesus nos ama, confirmo-me como o seu mais afetuoso,

a filhinha da vontade divina

+ + + +

  1. Para Federico Abresch

Filho muito estimado na Divina Vontade,

 Agradeçamos por tudo ao Senhor, que com tanta bondade quis servir a esta pequena e mais pobre de todas as criaturas para manifestar o sublime viver na Vontade Divina. É costume que ele se manifeste aos mais pequenos e ignorantes para que nada atribuamos a nós mesmos, mas tudo ao seu infinito Amor por nós, miseráveis ​​criaturas. Mas quem pode dizer o que Ele disse sobre uma vida tão santa? Eles são apenas as gotas que podem ser colocadas do lado de fora: basta dizer que toda vez que fazemos um ato em Sua Santa Vontade vamos ao encontro de todo o Céu e todo o Céu vem ao nosso encontro, e todos os Santos, todos os Anjos e os A própria Rainha dos Céus sente-se honrada por unir suas ações às nossas, por fazer o que fazemos; eles sentem felicidade e glória em dobro, porque em nosso ato uma Vontade Divina é o ator e espectador e ninguém quer ficar à parte, e com a direita, porque a Vontade Divina é de todos; menos do ingrato que não quer conhecê-la, amá-la e possuí-la. Portanto, todo o Céu repete em coro: “Se é nosso, por que não faríamos o que Ela faz? … Muito mais do que, cada vez que fazemos um ato da Vontade Divina, a vontade humana sofre um martírio, não de sangue, mas de vontade, que nunca morre; e o Senhor se agrada tanto que coloca a marca do martírio divino nisso. Portanto, podemos dizer a Deus: “Eu sou o seu mártir contínuo; Eu não morro uma vez, mas quantas vezes eu não fizer a minha vontade ”… E por enquanto isso é o suficiente e vamos passar para outra coisa. menos do ingrato que não quer conhecê-la, amá-la e possuí-la. Portanto, todo o Céu repete em coro: “Se é nosso, por que não faríamos o que Ela faz? … Muito mais do que, cada vez que fazemos um ato da Vontade Divina, a vontade humana sofre um martírio, não de sangue, mas de vontade, que nunca morre; e o Senhor se agrada tanto que coloca a marca do martírio divino nisso. Portanto, podemos dizer a Deus: “Eu sou o seu mártir contínuo; Eu não morro uma vez, mas quantas vezes eu não fizer a minha vontade ”… E por enquanto isso é o suficiente e vamos passar para outra coisa. menos do ingrato que não quer conhecê-la, amá-la e possuí-la. Portanto, todo o Céu repete em coro: “Se é nosso, por que não faríamos o que Ela faz? … Muito mais do que, cada vez que fazemos um ato da Vontade Divina, a vontade humana sofre um martírio, não de sangue, mas de vontade, que nunca morre; e o Senhor se agrada tanto que coloca a marca do martírio divino nisso. Portanto, podemos dizer a Deus: “Eu sou o seu mártir contínuo; Eu não morro uma vez, mas quantas vezes eu não fizer a minha vontade ”… E por enquanto isso é o suficiente e vamos passar para outra coisa. que nunca morre; e o Senhor se agrada tanto que coloca a marca do martírio divino nisso. Portanto, podemos dizer a Deus: “Eu sou o seu mártir contínuo; Eu não morro uma vez, mas quantas vezes eu não fizer a minha vontade ”… E por enquanto isso é o suficiente e vamos passar para outra coisa. que nunca morre; e o Senhor se agrada tanto que coloca a marca do martírio divino nisso. Portanto, podemos dizer a Deus: “Eu sou o seu mártir contínuo; Eu não morro uma vez, mas quantas vezes eu não fizer a minha vontade ”… E por enquanto isso é o suficiente e vamos passar para outra coisa.

Muito querido ao Senhor, não houve nada de novo aqui, do que você diz sobre Roma, antes, muito pelo contrário, houve uma terrível tempestade contra os livros e contra mim. Acredito que tenha sido levantado por alguns padres e religiosos de Corato. Que o Senhor abençoe e perdoe a todos; vê-se que é uma fúria diabólica, que o único nome da Vontade de Deus os corroe e eles ficam irados; por isso, vamos orar. Eu que agradeço; e faça o que puder e o que o Senhor quiser.

Eu os deixo na Vontade Divina; seja o seu centro de vida. Oh, como eu gostaria que tudo o que Ele faz flua Nele, que Lhe leve seus beijos, seu amor, seus abraços de gratidão, para tomar o Céu de assalto e dizer a Ele: “Faça logo, faça Sua Vontade vir reinar na terra . “.

Saúdo-vos com o amor do Divino Fiat, juntamente com Ameli e Piuccio. Seu mais carinhoso,

a filhinha da Divina Vontade.

Corato, 23-6-1941

Para Federico Abresch?

Muito querida criança em Jesus Cristo,

 obrigado por tudo; Esperamos que o Senhor queira iluminar o Santo Pontífice. Se você pode dar outros passos, dê-os, senão sempre diremos Fiat, Fiat! Por enquanto, esperemos, vivamos sempre na Vontade Divina. Ele está, pode-se dizer, esperando para ver se nossa respiração, batimento cardíaco e movimento também estão em sua Santa Vontade, e se ele os vê correndo, ele celebra e em nossa respiração, batimento cardíaco e movimento ele se sente amado, glorificado e adorado por tudo; em um único fôlego Damos tudo e todos. A Sua Santíssima Vontade circula em todos e é a vida de todos, e o nosso pequeno movimento acompanha Ela e dá-Lhe o que as criaturas lhe devem. Basta dizer que um único ato feito em sua vontade toma o céu de assalto; Fazemos os mares de amor da Rainha do Céu e da própria Divindade e os devolvemos a Deus como mares de amor que nos pertencem. Nós, pobres criaturas, não somos nada; e é por isso que nos chama, nos quer na sua Vontade, para se fazer dar tudo, inclusive a si mesmo pela sua amada criatura. É por isso que todo o resto não é nada, são apenas gotículas; Portanto, se queremos amá-lo muito, vivamos na sua Santa Vontade, e quantas surpresas encontraremos! Em primeiro lugar, a Vontade Divina operando em nós, que formará mares de amor, de luz, de santidade, de graças surpreendentes, e seremos envolvidos de tal maneira que não saberemos mais como sair. eles são apenas gotículas; Portanto, se queremos amá-lo muito, vivamos na sua Santa Vontade, e quantas surpresas encontraremos! Em primeiro lugar, a Vontade Divina operando em nós, que formará mares de amor, de luz, de santidade, de graças surpreendentes, e seremos envolvidos de tal maneira que não saberemos mais como sair. eles são apenas gotículas; Portanto, se queremos amá-lo muito, vivamos na sua Santa Vontade, e quantas surpresas encontraremos! Em primeiro lugar, a Vontade Divina operando em nós, que formará mares de amor, de luz, de santidade, de graças surpreendentes, e seremos envolvidos de tal maneira que não saberemos mais como sair.

Deixo-te na Divina Vontade de fazer de ti um grande santo e, saudando-te cordialmente, confirmo o teu afecto,

a filhinha da Divina Vontade.

Corato, 19-8-1941

  1. Para Federico Abresch

Em Voluntate Dei

Filho muito estimado na Divina Vontade,

 Aqui estou eu, para dizer-lhe que sempre se esconda no Divino Fiat; vamos nos certificar, todos os males fugirão de nós, vamos tornar a santidade segura. Em cada ato nosso, mesmo natural, porque nossa natureza nos foi dada por Deus, seremos investidos de uma nova beleza, um novo amor, uma nova força divina. Se vivemos na Vontade Divina, até mesmo nossa respiração, nosso passo, nosso movimento; Eles correm nas respirações, nos passos e nos movimentos de todos, para retornar a Deus, amor a cada respiração, oração a cada passo, glória a cada movimento. A Vontade Divina se encontra em toda parte e nós, vivendo nela, nos encontraremos no Céu e na terra para amá-la com todos, em todos e em todos os lugares.

Os Santos, a Rainha dos Céus e o próprio Deus aguardam ansiosamente o “EU TE AMO” de quem vive na sua Vontade porque é uma nova aquisição que fazem. O “EU TE AMO” da terra ressoa no Céu em cada Bendito, nos mares da Mamãe Celestial, e diz em tudo “EU TE AMO, EU TE AMO” … Pode-se dizer que o Céu e a Terra dão um ao outro o beijo de amor e eles celebram juntos. Por isso nos preocupamos em viver sempre na Vontade Divina; Nele formaremos mares de amor, mares de adoração, mares de glória para dar ao nosso Criador …

Deixo-vos na Vontade Divina, junto com o pequeno Piuccio e Amalia; façam-se santos, mas santos da Vontade Divina. Ela te carregará no colo, te abraçará junto ao peito, te alimentará com seu hálito, te fará sentir sua vida palpitando em você … Como você será feliz!

De todo o coração, juntamente com a Fiat, saúdo-vos os vossos mais carinhosos,

a filhinha da Divina Vontade.

Corato, 11/04/1941

  1. Para Federico Abresch?

Em Voluntate Dei!

Muito querido e querido filho na Divina Vontade,

 Ouvindo que você está lidando com o Divino Fiat sinto-me feliz e alegre, e junto comigo Jesus se alegra e se alegra. Obrigado de coração, eu digo a você junto com meu querido Jesus. O que você pode fazer, faça; O resto será feito por Jesus, que tanto quer e tanto ama e anseia que a sua Vontade seja conhecida e possuída como a sua própria vida pela criatura, pois só a Vontade Divina é o início da nossa vida, o meio e o fim da nossa vida. nossa existência, que nós Ele tomará o céu pela tempestade. Sem Ela viramos de cabeça para baixo, perdemos o direito aos nossos bens terrenos e celestiais, perdemos o vínculo com a Família Divina. Pelo contrário, se vivemos pela Vontade Divina, tudo é nosso; O próprio Deus é nosso … Se amarmos, o nosso pequeno amor corre em todos os corações e até nos corações futuros, e ama a Deus por todos; corre nos mesmos anjos, nos mares do amor da Rainha dos Céus, nos mares Divinos, e onde ela quiser, em tudo e por tudo que ela ama. A criatura que ama na Vontade Divina não se contenta se não encontra o seu lugar em todos, em amar Aquele a quem tanto ama.

Amar na Vontade Divina deixa o Céu e a Terra estupefatos, e os próprios Santos suspiram em seus corações por ter este Amor conquistador de quem vive no exílio. Assim, se oramos, se adoramos, e mesmo se suspiramos nesta santíssima Vontade, tornamo-nos a vida de todos e damos a Deus o que todos deveriam dar a ele.

Por isso, as maravilhas de viver na vontade divina são inesgotáveis ​​e talvez as encontremos no céu. E esta tem sido a razão pela qual o inimigo infernal fechou todos os caminhos e fez uso de gente eclesiástica; Mas chegará o tempo em que Jesus triunfará em tudo e seu reino na terra virá com certeza, porque é o decreto de Deus, e Ele não muda facilmente seus decretos pela maldade dos homens. Bem-aventurado aquele que se interessa em viver a sua Vontade, porque o Senhor os usará para abrir as estradas fechadas, e usará as suas ações como chaves para abrir o Céu e fazê-lo descer para reinar na terra. Portanto, querido filho, estejamos atentos, nunca nos afastaremos do Supremo Fiat.

Em relação à curva …

Deixo você na Vontade Divina de torná-lo um grande santo. Reze por mim; Saúdo-vos calorosamente na Vontade Divina.

A filhinha da Vontade Divina.

  1. Para Federico Abresch

Em Voluntate Dei!

Muito querido filho na Divina Vontade,

(…) O que você me diz parece bom para mim e o Senhor também se agrada, porque aqueles que hoje amam viver na Divina Vontade e conhecê-la formam a semente, a concepção e também, o nascimento desta Divina Vontade em sua almas, e também para fazê-lo conceber em outras criaturas; portanto, se não se espalhar, como pode renascer em outros?

Você deve saber que a santidade de viver na Vontade Divina nada mais é do que um nascimento da Santidade Divina, o que ocorre nas criaturas. É por isso que o maior milagre que ele pode fazer na criatura; É o milagre que ele pode dar tudo a Deus, que ele pode amá-lo por todos, mesmo aqueles que ainda não existem, e que ele pode receber tudo de Deus, porque encontrando em nós a sua Santíssima Vontade, ele encontra um lugar colocar sua Santidade, sua Bondade, sua Beleza, suas graças e também sua obra divina; portanto, ele pode formar sua própria geração divina em todos os nossos atos. Oh, como Deus é glorificado e amado, vendo em nossos pequenos atos, até mesmo na respiração, no movimento, no passo, a geração de sua Vida Divina!

Por isso, a Santidade de viver na Divina Vontade simboliza o Sol, que faz bem a todos, se dá a todos, não se nega a ninguém e, enquanto tem a terra em seu colo (dando a cada planta, a quem a cor, a quem a doçura, a quem o perfume, todas as coisas diferentes e diferentes umas das outras), porém, enquanto faz tanto bem, o Sol nunca diz uma palavra, faz a luz pisar em nossos passos , ela nos segue por toda parte, e toda a glória e honra vêm de Deus, que a fez Sol. Esta é a alma que vive na Vontade Divina, da qual o Senhor usa para fazer o bem a todos, e recebe glória e honra, como se todos o tivessem amado.

É por isso que ele ama tanto que o viver na Divina Vontade seja conhecido, para formar sua geração divina na terra, para que ele possa abundar mais com suas criaturas amadas; sente a necessidade de viver, que quer amar e ser amado, mas não encontra a sua Vontade, o seu Amor é impedido e não pode dar nem receber o que quer … Portanto, a Divina Vontade tem tantas surpresas no alma, que os Céus Estão pasmados e os Anjos estão mudos, vendo nosso Criador encerrado em nosso pequeno ato.

Amado filho, minha recomendação, nunca deixe a Vontade Divina de dentro. Recomendo-me às vossas orações e, deixando-vos vinculados à Família Divina para vos fazer conviver com Eles, saúdo-vos calorosamente, vossos afetuosos,

a filhinha da vontade divina

Corato, 2-1-1942

  1. Para Federico Abresch?

Fiat!

Muito querido filho na Divina Vontade,

 a tua querida carta tem sido uma alegria, obrigado! A Vontade Divina recompensa-o, fazendo-o conhecer a sua Vontade Divina, porque a sua vida cresce em nós e como a conhecemos. Você não pode possuir um bem se não o conhece, e como assim é conhecido, nossa capacidade se expande e ela assume seu real lugar. Portanto, sua Santidade, sua Beleza, seu Amor se multiplicam em nós e seus mares divinos se formam em nossa alma. Portanto, toda a arte do inimigo é impedir que o conhecimento da Vontade Divina venha à tona, pois ele perderia seu reino na terra.

A primeira coisa que a Vontade Divina faz quando se conhece é nos transformar em bons, enterrar nossas paixões, de débil nos fortalece e seu poder faz uma mudança em nossa alma, até nos fazer sentir a posse de nosso. Deus, e nossa vontade se torna permanência divina retornos. Com Ela tudo será fácil; sentiremos o Céu em nós; Nossas ações serão comunicadas aos Santos, à Rainha dos Céus, que com tanto amor espera que seus filhos participem de suas ações, nos mares divinos que ela possui … Nos sentiremos unidos, com direito ao Família Divina, porque a sua Vontade também é nossa.

Meu querido filho, você não pode dar maior glória a Deus e maior bem às criaturas, do que obter muitos filhos para viver em Sua Vontade. Você deve saber que, por tudo o que é feito para torná-lo conhecido, a Vontade Divina toma o seu lugar em nós e faz tudo por ela; não somos nada além de concorrentes e damos a você o lugar para fazer funcionar e fazer o que quiser. Pode-se dizer que damos a ela o passo para fazê-la andar, as mãos para fazê-la agir, a voz para fazê-la falar.

As notícias da Alemanha, sem surpresa, são sempre boas. Chegará o tempo em que você triunfará sobre tudo e os cegos abrirão os olhos para um bem tão grande.

Creio com certeza que o bom Jesus agradece o que você deseja fazer para aumentar os filhos da Vontade Divina; Além disso, é preciso saber que tudo o que fazemos para tornar conhecida a Vontade Divina é tanto Seu Amor que Ele mesmo o faz em nós: é Ele quem fala, quem trabalha, quem nos empurra; Seu contentamento é tão grande que Ele faz tudo. Portanto, continue a chamar muitos filhos ao redor do Pai e da Mãe Celestial.

Deixo-vos na Vontade Divina e, saudando-vos de coração, me confirmo,

 a filhinha da Divina Vontade.

Corato, 26-5-1942

 

  1. Para Federico Abresch?

Fiat! – Em Voluntate Dei!

Filho muito estimado na Divina Vontade,

 Obrigado por toda a vossa atenção, especialmente por ter rogado ao Santo Padre; Esperamos que Nosso Senhor o queira iluminar. Sua carta foi um grande conforto para mim, especialmente a carta de Ir. María Deo Gracias.

Oh, como gostaria que todos entendessem o que significa viver na Vontade Divina! É o maior milagre que Jesus pode fazer às criaturas, é a maior glória que ele pode receber. Viver Nele significa amar com o Seu próprio Amor e junto com Jesus, possuindo a Força Criadora e Preservadora; Ele por natureza, nós pela graça. Podemos dizer que somos inseparáveis; sentiremos a vida do bem com o bem; Paixões, fraquezas e todos os males se sentem sem razão de existir diante de tão santa Vontade … Jesus ama tanto quem vive na Divina Vontade, que prepara uma cadeia de maravilhas, uma diferente da outra. e sempre novo na Santidade, na Beleza e no Amor, de se sentir abduzido por esta criatura. Sua ocupação perene, pode-se dizer, é que Ele não pode ficar sem a alma que vive em Sua Santa Vontade.

Não gosto da boa Amélia, de seus sofrimentos; Mas, querido Jesus, dar-nos a sua Semelhança, com o toque dos seus dedos paternos cria dor e deles tira as pérolas mais belas, os sóis mais brilhantes, os diamantes mais caros, e dá-nos os seus beijos e abraços mais ardentes. mais estreito; as cruzes são sempre sua herança preciosa.

Reze por mim; e deixando-vos encerrados na Vontade Divina – pai, mãe e filho – de vos fazer santos, saúdo-vos com o amor da Fiat, vossa carinhosa

a filhinha da Divina Vontade.

Corato, 1-7-1942

 

  1. Para Federico Abresch?

Fiat!

Filho muito estimado na Divina Vontade,

Obrigado por toda sua atenção. Oh, como eu adoraria colocar toda a minha vida para tornar a Divina Vontade conhecida de todos! São os suspiros, os anseios, as loucuras do amor do querido Jesus, que quer fazer conhecer a todos a Vontade Divina para a fazer possuir, porque ao possuí-la faz as maiores maravilhas, os maiores prodígios das nossas almas. Sem ela somos como tantos aleijados, com ela tudo é beleza e santidade, de raptar o próprio Deus. E, além disso, viver pela Vontade de Deus significa amar a Deus com o Seu próprio Amor, e como Ela está em toda parte, por isso o amamos por todos e por todos, incluindo os próprios Santos, na Rainha dos Céus, que ela se sente mais glorificada por aqueles que o desejam amar a Deus com o próprio coração.

O que a Vontade Divina faz naqueles que nela vivem é indizível, incompreensível e de uma maravilha que surpreende o Céu e a terra, e os próprios Anjos ficam mudos por causa disso. Por isso não há nada que glorifique mais a Deus, que nos eleva mais à Sua semelhança, que mais preserva em nós a mesma Santidade divina, sua beleza e frescor, a firmeza no bem e a ordem de sua sabedoria, do que viver em seu testamento.

Portanto, a qualquer custo, mesmo para dar a vida, demos-lhe o direito de fazê-la viver em nós, de fazê-la dominar e reinar. Cumpramos o nosso dever, seja com palavras ou por escrito; lançaremos tantas sementes nas almas, que formarão em seus atos a Geração divina, que se transformará em sóis, para dar luz a todos.

Recomendo-me às vossas orações, e deixando-vos na Divina Vontade, para formar as cópias do nosso Criador, e saudando-vos com o Amor da Confiança, confirmo vossa aff.ma,

a filhinha da Divina Vontade.

Corato, 20-8-1942

  1. Para Federico Abresch?

Filho muito estimado na Divina Vontade,

(…) O que você diz não é verdade, o que a beleza, a sublimidade, a Santidade que a Vontade Divina produz em nossas ações é vista e querida apenas por Deus: falso. Deus, se recebe, dá; até mesmo um pensamento, um suspiro, um movimento feito para cumprir sua Vontade nos recompensa e diz: “A criatura ansiava por cumprir minha Vontade; Devo pagar a ele ”. E você quer saber qual é o pagamento que você nos dá? Uma paz imperturbável, uma força para tudo suportar, e se a terra nos rodeia por necessidade, sentimos o peso e a náusea dela e suspiramos pelo céu. Sentir o prazer, as imperfeições, as fraquezas, não é um mal; Querê-los é feio, porque o Senhor não se preocupa com o que sentimos, mas com o que queremos; portanto, tenhamos cuidado para não perder tempo com coisas que não pertencem à Vontade Divina. Muito mais do que o Senhor não ensina coisas difíceis; são exatamente as pequenas coisas que ele deseja, porque são mais fáceis de fazer, e não podemos ter uma desculpa e dizer: “Eu não poderia fazer isso.” As pequenas coisas estão sempre ao nosso redor, em nossas mãos, enquanto as grandes são raras, por isso não podemos dizer que a santidade não é para nós. Nossa própria natureza também é composta de tantos pequenos atos, a respiração, o batimento cardíaco, o movimento; no entanto, eles constituem a nossa vida e, se perdermos um só fôlego, a nossa vida – podemos dizer – acabou. Portanto, podemos dizer, se nossos pequenos atos não são animados pela Vontade de Deus. Portanto, façamos o que fizermos, façamos correr na Vontade Divina e nos sentiremos revividos e em posse da Vida do Fiat. Quão felizes e santos seremos! … são exatamente as pequenas coisas que ele deseja, porque são mais fáceis de fazer, e não podemos ter uma desculpa e dizer: “Eu não poderia fazer isso.” As pequenas coisas estão sempre ao nosso redor, em nossas mãos, enquanto as grandes são raras, por isso não podemos dizer que a santidade não é para nós. Nossa própria natureza também é composta de tantos pequenos atos, a respiração, o batimento cardíaco, o movimento; no entanto, eles constituem a nossa vida e, se perdermos um só fôlego, a nossa vida – podemos dizer – acabou. Portanto, podemos dizer, se nossos pequenos atos não são animados pela Vontade de Deus. Portanto, façamos o que fizermos, façamos correr na Vontade Divina e nos sentiremos revividos e em posse da Vida do Fiat. Quão felizes e santos seremos! … são exatamente as pequenas coisas que ele deseja, porque são mais fáceis de fazer, e não podemos ter uma desculpa e dizer: “Eu não poderia fazer isso.” As pequenas coisas estão sempre ao nosso redor, em nossas mãos, enquanto as grandes são raras, por isso não podemos dizer que a santidade não é para nós. Nossa própria natureza também é composta de tantos pequenos atos, a respiração, o batimento cardíaco, o movimento; no entanto, eles constituem a nossa vida e, se perdermos um só fôlego, a nossa vida – podemos dizer – acabou. Portanto, podemos dizer, se nossos pequenos atos não são animados pela Vontade de Deus. Portanto, façamos o que fizermos, façamos correr na Vontade Divina e nos sentiremos revividos e em posse da Vida do Fiat. Quão felizes e santos seremos! … e não podemos ter uma desculpa e dizer: “Eu não poderia fazer isso.” As pequenas coisas estão sempre ao nosso redor, em nossas mãos, enquanto as grandes são raras, por isso não podemos dizer que a santidade não é para nós. Nossa própria natureza também é composta de tantos pequenos atos, a respiração, o batimento cardíaco, o movimento; no entanto, eles constituem a nossa vida e, se perdermos um só fôlego, a nossa vida – podemos dizer – acabou. Portanto, podemos dizer, se nossos pequenos atos não são animados pela Vontade de Deus. Portanto, façamos o que fizermos, façamos correr na Vontade Divina e nos sentiremos revividos e em posse da Vida do Fiat. Quão felizes e santos seremos! … e não podemos ter uma desculpa e dizer: “Eu não poderia fazer isso.” As pequenas coisas estão sempre ao nosso redor, em nossas mãos, enquanto as grandes são raras, por isso não podemos dizer que a santidade não é para nós. Nossa própria natureza também é composta de tantos pequenos atos, a respiração, o batimento cardíaco, o movimento; no entanto, eles constituem a nossa vida e, se perdermos um só fôlego, a nossa vida – podemos dizer – acabou. Portanto, podemos dizer, se nossos pequenos atos não são animados pela Vontade de Deus. Portanto, façamos o que fizermos, façamos correr na Vontade Divina e nos sentiremos revividos e em posse da Vida do Fiat. Quão felizes e santos seremos! … Em vez disso, as coisas grandes são raras, então não podemos dizer que a santidade não é para nós. Nossa própria natureza também é composta de tantos pequenos atos, a respiração, o batimento cardíaco, o movimento; no entanto, eles constituem a nossa vida e, se perdermos um só fôlego, a nossa vida – podemos dizer – acabou. Portanto, podemos dizer, se nossos pequenos atos não são animados pela Vontade de Deus. Portanto, façamos o que fizermos, façamos correr na Vontade Divina e nos sentiremos revividos e em posse da Vida do Fiat. Quão felizes e santos seremos! … Em vez disso, as coisas grandes são raras, então não podemos dizer que a santidade não é para nós. Nossa própria natureza também é composta de tantos pequenos atos, a respiração, o batimento cardíaco, o movimento; no entanto, eles constituem a nossa vida e, se perdermos um só fôlego, a nossa vida – podemos dizer – acabou. Portanto, podemos dizer, se nossos pequenos atos não são animados pela Vontade de Deus. Portanto, façamos o que fizermos, façamos correr na Vontade Divina e nos sentiremos revividos e em posse da Vida do Fiat. Quão felizes e santos seremos! … Portanto, podemos dizer, se nossos pequenos atos não são animados pela Vontade de Deus. Portanto, façamos o que fizermos, façamos correr na Vontade Divina e nos sentiremos revividos e em posse da Vida do Fiat. Quão felizes e santos seremos! … Portanto, podemos dizer, se nossos pequenos atos não são animados pela Vontade de Deus. Portanto, façamos o que fizermos, façamos correr na Vontade Divina e nos sentiremos revividos e em posse da Vida do Fiat. Quão felizes e santos seremos! …

  1. Para Federico Abresch?

Querido filho,

Espero que esteja melhor, pois ainda tem muito que fazer para tornar conhecida a Vontade Divina. Só Ela será a portadora da verdadeira paz, da verdadeira santidade, e nos restaurará os direitos perdidos por termos feito a nossa vontade. E não só isso, mas o Senhor terá a grande glória de formar a Geração divina em todos os nossos atos. Quão felizes seremos, pensando que em cada pequeno ato nosso, mesmo a respiração, o movimento, nos passos formaremos tantos Jesus, tantas Vidas divinas, por quantos atos fazemos! Ai, como suspira Jesus por isso, que vem contar os minutos, as respirações, a formar a sua Vida nos atos da criatura, a dizer: «A criatura me ama com o meu mesmo amor, me adora, me implora com minhas orações “… Então vamos povoar o Sol, a terra, o mar com tantas Vidas Divinas; então nossa vida viverá escondida em Deus e faremos o que o Senhor quer e faz. É por isso que oramos, para obter tanto bem.

Envio-vos a saudação da Fiat, para que vos encerrem na Vontade Divina (…)

 

 

  1. Para Federico Abresch

Filho muito estimado na Divina Vontade,

Eu respondo a sua querida carta. Ouvir que você fala e quer saber mais sobre a Vontade Divina é uma grande alegria para mim, saber o quão feliz Jesus é por encontrar uma alma que deseja viver pela Vontade Divina. Esta criatura é seu triunfo e sua vitória. E apesar de no passado ter sido ferido por esta criatura, olhe para as suas feridas e, sorrindo, diz: “Eu a derrotei, ela é a minha vitória”, e mostra-a a todo o Céu para celebrar; e para cumprir sua vitória, ele concentra nela todos os seus bens: os bens da Criação e da Redenção, e dá a ela o direito sobre tudo. E, além disso, querer saber significa querer possuir um bem e é como o apetite pela comida.

Não gosto do Padre Pio, que esconde o rosto; Não estamos falando sobre o que a Igreja proibiu, mas sobre o que a Igreja ainda não sabe, e chegará o dia em que a Igreja saberá e apreciará, com triunfo e vitória. Não pode haver paz verdadeira ou verdadeiro triunfo, se a Vontade Divina não for conhecida. Nosso Senhor fará os maiores milagres, para fazer reinar a sua Vontade na terra. Por isso, oramos para que o tempo seja abreviado e tudo mude na Vontade de Deus.

Eu me recomendo para suas orações. Beija a mão do Padre Pio por mim; e deixando-os todos no mar da Vontade Divina, para que todos vivam da sua Santidade, do seu Amor, da sua Luz; poder abraçar tudo e todos e fazer o bem a todos, com o Amor do vosso Fiat saúdo a todos,

a filhinha da Divina Vontade.

Corato, 27-11-1944

 

  1. Para Federico Abresch

Muito querido filho na Divina Vontade,

 Respondo à tua querida carta e peço a Jesus que lhe dê sempre novas graças e nova luz, para que todos compreendam o viver na Divina Vontade. Oh, como Jesus suspira por isso, e até chora, porque quer que conheçamos a Santa Vontade Divina, para que ela reine e domine em todo o mundo e porque é o decreto da Santíssima Trindade que a Divina Vontade se cumprirá em a terra como ela é, no céu. Assim como a Criação e a Redenção foram decretadas, o Reino da Vontade Divina também foi decretado na terra; e é por isso que ele usará todas as artes, ele levará a criatura de todos os lados: com castigos terríveis, com milagres barulhentos, para fazer isso acontecer. Atingirá tanto que o primeiro a sacrificar será Jesus: ele estará à frente de todas as nossas ações, para que todos corram no mar da Vontade Divina …

E se Jesus está nos castigando, é exatamente por isso, porque as criaturas, especialmente a parte religiosa, em vez de serem levadas por Jesus por amor, como Ele queria, se fizeram receber em castigos … Pobre Jesus , quanto ele sofre! E como suspira e chora, porque as criaturas não imploram, não o sitiam para lhes conceder o dom de viver na Divina Vontade de Deus. E se ele encontra alguém, ele a toma nos braços, ele faz uma festa, ele se sente como um Rei vitorioso que, embora por seis mil anos tenha tido que lutar, recebendo feridas e fracassos, agora ele finalmente fez a primeira conquista e vitorioso ele gosta disso e chama todo o Céu para celebrar sua primeira vitória; e enquanto celebra, coloca à disposição da criatura a sua Santidade, o seu Amor, a sua Luz, as suas graças e dá-lhe o direito na sua Pátria Celestial … Portanto, Também estando na terra, ela é a portadora da Pátria Celestial e pode dizer: “O que se faz no Céu, eu faço na terra; antes, gozando e parabenizando-se, e eu fazendo novas conquistas, que servem para trazer novas alegrias para o céu ”.

Por isso, digam a todos que não há coisa maior, não há mais prodígio retumbante de viver na Vontade Divina; Colocamo-nos à disposição de Deus, e Ela se coloca à nossa disposição, inclusive para nos fazer formar tantos Jesus por quantos atos fazemos em sua Santa Vontade.

Os mares da Vontade Divina ainda não são conhecidos. Se os conhecesse, se lançaria ao mar da Vontade Divina, para fazer-vos uma vida perene.Portanto, oremos e esperemos: Jesus tem os séculos em seu poder; o que não faz hoje, fará amanhã, porque hoje as mentes estão cegas; Amanhã ele encontrará olhos que podem sustentar a Luz da Vontade Divina e fará o que não fez hoje.

Saudando vocês, deixo todos vocês no imenso mar da Vontade Divina.

A filhinha da vontade divina

Corato, 1-15-1945

Compartilhe a Divina Vontade