O Nascimento de Maria foi o renascimento de toda a Humanidade


8 de setembro de 1929

O nascimento da Virgem foi o renascimento de toda a humanidade.

Minha pobre mente estava perdida no imenso mar do Fiat Divino, onde tudo
está em andamento, como se não houvesse passado nem futuro, mas presente e
tudo em andamento. Então, o que quer que encontre as obras de seu Criador na
Vontade Divina, minha pequena alma a encontra como se estivesse em ação [o
Criador] estava operando-o. E desde que eu estava pensando no nascimento de
minha Mãe Celestial para dar-lhe meus pobres tributos, e convoquei a Criação
comigo para louvar a Rainha Soberana, meu doce Jesus me disse:

Minha filha, eu também quero cantar o nascimento da minha mãe junto
com você e com toda a Criação. Você deve saber que esse nascimento continha
em si o renascimento de toda a família humana, e toda a Criação renasceu no
nascimento da Rainha do Céu. Todos alegraram-se de alegria, sentiram-se
felizes em ter sua Rainha, que até então se sentiam como pessoas que não
tinham rainha, e em sua mudez, esperaram aquele dia feliz para quebrar o
silêncio e dizer: ‘Glória, amor, honra àquela que vem entre nós como nossa

Rainha! Não seremos mais indefesos, sem aqueles que nos dominam, sem
festas, pois Aquela que emergiu forma nossa glória imperecível.
Esta Criança Celestial, mantendo nossa Vontade Divina intacta em sua
alma sem jamais fazer a sua própria, recuperou todos os direitos do inocente
Adão ao seu Criador e a soberania sobre toda a Criação. Portanto, todos
sentiram nela como que renascidos, e vimos nesta Virgem Santa, em seu
pequeno coração, todos os germes das gerações humanas. Assim, através dela,
a humanidade recuperou seus direitos perdidos; portanto, seu nascimento foi
o nascimento mais bonito e mais glorioso. Desde o seu nascimento, ele
encerrou em seu Coração Maternal, como entre duas asas, todas as gerações
como crianças nascidas de novo em seu Coração Virgem, para aquecê-las,
mantê-las defendidas e crescer e nutri-las com o sangue de seu coração
materno.
Aqui está a razão pela qual essa terna Mãe Celestial ama tanto as
criaturas, porque todos renascem nela e sentem a vida de seus filhos em seu
coração. O que nossa Vontade Divina não pode fazer onde sua vida reina e se
mantém?
Envolve-os tudo e todos e torna bom para todos. Para que todos

sintam, sob seu manto azul, a asa materna de sua Mãe Celestial e encontrem
em seu coração materno seu lugar para estar em segurança.
Minha filha, quem vive em minha vontade Divina, renova seu renascimento e
dobra os renascimentos para todas as gerações humanas. Minha Vontade
Suprema, quando vive dentro de um coração e estende a plenitude de sua luz
interminável, concentra tudo e todos, faz tudo, renova tudo, devolve tudo o
que, durante séculos e séculos, não foi capaz de ceder através de outras
criaturas .
Então pode ser chamado o amanhecer do dia, o amanhecer que

chama o sol, o sol que alegra toda a terra, a ilumina, aquece e com suas asas
de luz mais do que uma mãe terna abraça tudo, fecunda tudo e com seu beijo
dá luz, dá as mais belas cores às flores, a mais requintada doçura aos frutos,
a maturidade a todas as plantas.

Oh, se minha Vontade Divina reinar no meio das criaturas, quantas
maravilhas ela não operaria no meio delas! Portanto, tenha cuidado, tudo o
que você faz no meu Fiat Divino é um renascimento que você faz Nela e,
renascer significa renascer na ordem divina, renascer na luz, renascer na
santidade, no amor, na beleza; e em todo ato de minha vontade, a vontade
humana sofre a morte morrendo para todos os males e revive todos os bens”.

Vol .26 Livro do Céu

Compartilhe a Divina Vontade